Arquivos para raspberry-pi

MJRoBot termina em 3o. lugar no concurso: Remote Control Contest 2017 promovido pelo Instructables.com, o maior site Maker do mundo!

O tutorial ganhador, foi sobre os sambas, quero dizer, sobre minhas experiencias com o pequeno robô Cozmo (é que sambei um pouquinho para entender como programar o rapaz ;-)!

Cozmo é muito mais que um brinquedo, é uma grande ferramenta didática tanto para crianças como adultos. Cozmo pode ser programado tanto por uma linguagem parecida ao Scratch quanto por Python. Daí, minha idéia de interagir o robozinho com o Raspberry Pi.

O tutorial completo pode ser encontrado aqui no site:

When COZMO, the Robot meets the RASPBERRY PI

portada

O site oficial do Raspberry Pi na Inglaterra também escreveu sobre o tutorial:

WHEN TINY ROBOT COZMO MET OUR TINY RASPBERRY PI

Isso aí! Espero no futuro publicar novos tutoriais com o Cozmo! E por falar em samba…..

mjrobot_samba.gif

Abracão!!!!!

 

 

Anúncios

Uma maneira simples de aprender eletrônica é usando o Raspberry Pi e sua biblioteca “GPIO Zero”. Com poucas linhas de código em Python, você poderá facilmente controlar atuadores, ler sensores, etc. Esta biblioteca foi criada por Ben Nuttall da Raspberry Pi Foundation, Dave Jones entre outros.

Aqui, neste rápido tutorial procurarei fornecer-lhes a base para a criação de circuitos simples, controlados pelo Raspberry Pi.

Para obter maiores detalhes, consulte o link abaixo:

GPIO Zero V 1.3.1 Documentation

Você poderá também fazer o download grátis de um livro completo fornecido pela reveista MagPi, que irá guiar-lo passo a passo no desenvolvimento de vários projetos utilisando-se  da biblioteca GPIO Zero:

SIMPLE ELECTRONICS WITH GPIO ZERO

 

Neste tutorial, exploraremos os dispositivos de entrada (“sensores”):

  • Botão
  • Sensor de Detecção de Movimento

E como saída (“atuadores”):

  • LED
  • Buzzer
  • Saída digital genérica (motor de passo)

Vamos lá, mãos a obra!

Continue lendo…

Descrição geral:

A idéia deste projecto é o desenvolvimento de um protótipo totalmente funcional para uma estação móvel  usada na coleta de dados ambientais tais como: temperatura, umidade e luminosidade.  Este protótipo foi desenvolvido somente para fins didáticos e fez parte de meu projeto final no curso de especialização do Coursera em parceria com a University of California, Irvine:  “Uma Introdução à Programação da Internet of Things (IOT)“.

Considerações do projeto:
  • O Rover será controlado remotamente por um dispositivo Android com capacidade Bluetooth. Os dados serão continuamente capturados e transmitidos independentemente se o Rover está parado ou em movimento.
  • O usuário deve receber um feedback visual (streaming de vídeo ao vivo)
  • Os dados capturados serão analisados através de um site público (neste caso: thingspeak.com)
  • Os dados estarão disponíveis para os usuários em um formato gráfico e tabela
  • Alarmes via Twitter serão gerados localmente pela estação ou pelo website
  • O Rover terá capacidade autónoma para evitar obstáculos a fim de proteger-se em caso de mau controle por parte do usuário.
Opções de projeto:

Com base nos requisitos, inicialmente 2 opções foram consideradas para este projeto.

  1. Um único processador responsável por todas as tarefas, que neste caso deveria ser um Raspberry Pi.
  2. Um processador dual , sendo as funções divididos entre eles ( Arduino e RPI ) :
    • Processor 1: RPi
      • Captura de dados
      • Comunicação com a Web
      • Transmissão de vídeo
      • Envío de mensagens via mídia social
    • Processor 2: Arduino
      • Controle dos motores (movimento e posicionamento da câmera)
      • Evasão de obstáculos
      • Comunicação com o controle remoto

Em termos de custos, utilizar 2 processadores é de fato menos custoso do que a opção de um único processador. Isso ocorre porque o Arduino é um item muito barato e portanto mais acessível que a opção de “Servo Hat”, necessária para o RPi controlar os servos de maneira adequada. Outra diferença é o módulo de BT. Para o Arduino, um módulo barato como o HC – 06 BT 3.0 é suficiente, sendo que o mesmo custa a metade do preço do “BT Dongle” a ser adicionado ao Rpi.  Assim,a opção escolhida foi o projeto com processador dual.

diag Block complete

Continue lendo…